Reitora da UFMG analisa em artigo o legado da reforma de 1968 e os desafios que a instituição enfrenta:

"Nesta data simbólica em que comemoramos a origem de várias unidades da UFMG, é importante destacarmos a história, o legado, a presença, a prontidão e a disponibilidade de ir ao encontro dos anseios do nosso Estado e do nosso País e para atuar por sua transformação por meio de uma educação de qualidade e relevante. E na expectativa por seu futuro, que por mais aberto que esteja às incertezas próprias dos tempos que ainda virão, nos permite contar com uma certeza: o comprometimento desta Casa com a educação pública como elemento constitutivo e libertador dos valores humanos que tanto prezamos e que são comuns a todos nós independentemente de nossas posições pessoais. Da perspectiva de uma instituição hoje quase centenária, cabe crer na esperança de um país mais justo e tolerante e de uma sociedade mais equânime e inclusiva."

Leia o restante do texto no site da UFMG.

Há exatos 50 anos, em 28 de novembro de 1968, entrava em vigor a Lei 5.540, encarregada de regular o ensino superior no Brasil. Conhecida como a Lei da Reforma Universitária, propunha investimentos para modernizar e expandir as universidades brasileiras, sobretudo a pós-graduação, com o propósito de impulsionar a economia e o desenvolvimento do país.  “Paradoxalmente, também continha cálculo político, para aplacar críticos e opositores do regime ditatorial, representados, em grande maioria, por dirigentes e estudantes universitários”, comenta o professor Rodrigo Patto Sá Motta, do Departamento de História da Fafich.

Leia o restante da matéria no site da UFMG.

Na próxima terça-feira, 4, a UFMG recebe a diretora do Knowledge Transfer Ireland, Alison Campbell, que vem apresentar o programa de promoção, desenvolvimento e gerenciamento do sistema de transferência de conhecimento da Irlanda. Aberta ao público, a palestra, que será ministrada em inglês, ocorrerá no auditório 1 da Faculdade de Ciências Econômicas, das 17h às 18h30.

Leia o restante da matéria no site da UFMG.

No dia 30 de novembro de 2018 entrarão em exercício, na Diretoria da FACE, o Prof. Hugo Eduardo Araujo da Gama Cerqueira e a Professora Kely César Martins de Paiva, nos cargos de Diretor e Vice-Diretora, respectivamente.

Para efeito de assinatura do Termo de Compromisso de Estágio, do Termo Aditivo e do Termo de Rescisão, solicitamos que estejam atentos às seguintes datas: